Bolinho Marajoara é a pedida de hoje para comemorar o 402 anos de Belém!

As felicitações para Belém vêm em grande estilo e não é por menos: como comemorar o aniversário de uma cidade mundialmente conhecida por sua cozinha incrível? Com comida!!!

De comida, Belém manda bem demais. Por lá, o Comida di Buteco come solto e a disputa é apertada. Na ultima edição, quem levou o título de Melhor Buteco foi o Boteco da Nina, mas não dá pra ignorar a presença dos outros butecos que chegaram junto no pódio, entre eles o Bar Dois Irmãos! Nesse ano, o buteco não ganhou por muito pouco e o petisco estava incrível: eles trouxeram para a disputa o Bolinho Marajoara, um bolinho de massa de trigo (kibe) recheado com camarão rosa e queijo do Marajó!

Bom, mas se você tá meio longe de Belém e não teve ainda a oportunidade de visitar um buteco de lá para entender porque a gastronomia da cidade é premiada, tenta a sorte fazendo essa receita sensacional em casa!

Sem mais enrolação, bora pra receita:

18094625_297801090652963_8202165569919647744_n

Foto da @annalirio

 

Ingredientes (quantidade e tipo):

03 Cebolas já picadas

03 pimentões picados

07 L de água

08 pimentas de cheiro picadas

1 ½ de Ajinomoto

1 ½ de orégano

1 ½ de Sal

01kg de trigo de quibe

01kg de carne moída já temperada com sal e alho

Cheiro verde a gosto

07 dentes de alho amassados

Modo de Preparo (atividade e tempo):

Deixe de molho o trigo para quibe por 2h. Feito isso, deixe escorrer e seque-a bem.

Misture com a carne moída. Mexa bem para incorporar.

Adicione os demais temperos e misture bem, para dar liga.

Por último, adicione 01 colher e meia de farinha de trigo, para dar liga.

Frite em óleo quente.

 

 

Sextou com receita: aprenda a fazer o Ninho de Minas, do Era Uma Vez Um Armazém

Primeira sexta-feira do ano começando! Algumas coisas nunca mudam: que a gente possa continuar sextando em 2018, tanto quanto em 2017!

E pra começar com o pé direito e você já ir entrando no clima aí, decidimos ensinar o passo a passo de um petisco que fez o maior sucesso em BH e que ocupou o 5º lugar na edição passada: o petisco do buteco Era Uma Vez Um Armazém.

OK_Era Uma Vez Um Armazén_Ninho de Minas_2017_foto Beto Eterovick-2

 

Essa delícia mineira nada mais é que uma porção de bolinho de paella mineira com queijo canastra, em cima de um verdadeiro ninho de crispy de couve! O pessoal lá do buteco batizou essa beleza como Ninho de Minas!

Bora aprender? Então, vá separando:

Ingredientes (quantidade e tipo):

150g de pernil
150g de peito de frango
150g de paio
150g de torresmo de barriga
150g de torresminho
500g de arroz parbolizado
1 cebola grande
2 colheres de sopa de alho picado
2 molhos de couve
1 litro de caldo de legumes
1 colher de sopa de açafrão da terra
5g de azafran
1 pimentão vermelho
1 pimentão amarelo
1 pimenta dedo de moça
Pimenta a gosto
Sal a gosto
Ervas de Provence a gosto
150g de queijo canastra cortado em cubos para rechear
Ovos para empanar
Farinha de pão para empanar

Modo de Preparo (atividade e tempo):

Prepare a paella mineira refogando os ingredientes e cozinhando juntos. Finalize com o crispy de couve. Depois de pronto leve ao processador até obter uma massa homogênea. Enrole os bolinhos, empane com ovo e farinha de pão e leve para fritar em imersão. Sirva sobre crispy de couve.

Receita rende quantas porções? 10 porções de 250g
Tempo de preparo: 1 hora

O que foi o 2017 do Comida di Buteco? A retrospectiva de um ano butequeiro.

O que falar de 2017? Foi um ano de muitas emoções, e não seria diferente na vida dos butequeiros. Para o Comida di Buteco foi um ano INCRÍVEL! Fica difícil encontrar palavras pra explicar, decidimos trazer aqui algumas imagens que ilustraram nosso ano, que já começou em MEME.

1. Sim, como o melhor do Brasil, depois do buteco, é o brasileiro, o ano de 2017 começou com vários memes em alta e a gente não ficaria fora dessa. Logo nós…

15940631_1401361043222034_5055142725369960791_n

2. Já no começo do ano, acabamos quebrando o silêncio e parando com o suspense. Então, divulgamos: o Comida di Buteco 2017 teria como tema um ingrediente especial, OS CEREAIS! E o Brasil foi à loucura com essa informação.

16299220_1419478618076943_8412800412937755154_n

 

3. Enquanto o Comida di Buteco não começava, a gente já tava na caça de novas histórias, e , claro, comemorando a vida e os aniversários de todas as cidades participantes. Esse dia ensolarado, como podem ver, foi no aniversário do RJ.

16996136_1443737185651086_5449122890076574905_n

 

4. Aliás, foi nesse ano que chegamos à conclusão que JÁ É CULTURAL: EM ABRIL, O COMIDA DI BUTECO É DE LEI!!!

17554344_1479848678706603_4352284043877480901_n

 

5. Enquanto isso, a dúvida do pessoal era COMO OS BUTECOS IRIAM SE VIRAR PRA COLOCAR CEREAL NOS PETISCOS. Quando as primeiras fotos dos petiscos começaram a rolar, todo mundo entendeu que CEREAL É VIDA!

17757348_1479875442037260_7976738087232211845_n

6. Foi nesse ano também que colocamos em prática um sonho e o que muita gente pedia: o Livro de Receitas do Comida di Buteco, lançado pela Editora Globo, pra vocês levarem um pouquinho dos petiscos que já haviam passado pelo concurso para a sua casa! Aliás, ele AINDA está à venda, olha que beleza: goo.gl/YKfX4C

17757659_1492081157483355_3296708751109884906_n

7. Houveram rumores de que teve gente que aproveitou o Comida di Buteco 2017 um pouco mais por motivos de:  feriado!!! Sim, todo mundo amou e deu o start no Comida di Buteco 2017 em grande estilo!

17903870_1494420487249422_5888068834445380253_n

8. Em parceria com a UNISUAM, lá no RJ, também decidimos criar, mais uma vez, mini clipes com as receitas dos petiscos concorrentes da cidade. Foi um baita sucesso e até hoje vocês conseguem assisti-los em nosso canal no Youtube: [link]

17952822_1502711136420357_7700977266324803828_n

9. Já as caravanas foram crescendo de norte a sul do país e percebemos que em Brasília e Goiânia e coisa ficou séria!

18157018_1511300688894735_9000089672828104133_n

 

10. Como nada na vida é eterno, no dia 15 de Maio anunciamos que o Comida di Buteco 2017 estava encerrado. Começou aí a espera para saber quem eram os vencedores da etapa local!

18446776_1531128643578606_7880349939812141390_n

11. Sim, e quando o Comida di Buteco termina, TEM SAIDEIRA na sequencia, de lei! Nesse ano o Mineirão ficou pequeno com o público, o primeiro campeão nacional Bar do David, do RJ, e até Moraes Moreira não resistiu e se jogou nos petiscos!

image

12. Enquanto o resultado da Votação Nacional não saia, nosso coração era só saudades do Comida di Buteco 2017, até encontrar esse petisco de coxinha, em forma de coração, que traduzia exatamente o que a gente sentia. Foi o petisco concorrente do buteco Os Imortais.

18740695_1547111411980329_7649644737947440469_n

 

14. E aí, depois de muito aguardar, CHEGOU O DIA: descobrimos o CAMPEÃO da Votação Nacional e buteco que levaria o título de MELHOR BUTECO DO BRASIL. O vencedor foi o Bar do Jão, de São Paulo!!!

20638365_1622362411121895_4820196696558662704_n

15. Passada essa emoção toda, com seguimos o baile? Com mais memes:

19598590_1581583591866444_3823676168959737486_n

 

16. Aproveitamos até nossa autoridade em buteco para liberar uns atestados pro pessoal butequeiro, afinal, todo mundo tem o direito de ir pro buteco em paz, inclusive na segunda-feira se quiser! :P

20953542_1637364322955037_8206057050875777528_n

 

17. Ah, e foi nesse ano também que anunciamos que MAIS UMA CIDADE entraria para o circuito do Comida di Buteco em 2018: FLORIANÓPOLIS! Aliás, estamos ansiosos!

22196082_1677789785579157_1021899683992613529_n

 

18. Comemoramos até o DIA DO MAU HUMOR com torresmo e cerveja, porque não somos obrigados a nada e aqui só existe alegria!

23561788_1715180965173372_5904387065649146914_n

 

19. Começamos o suspense básico sobre o COMIDA DI BUTECO 2018, que tá na cara do gol já! Aliás, essa parte do suspense ainda estamos fazendo!

23755518_1723536354337833_5720688816575383978_n

20. E, por ultimo, anunciamos que esse ano FOI SENSACIONAL, mas já estamos prontíssimos para brindar a chegada de 2018! Para nós, do Comida di Buteco, 2018 já começou: SÓ FALTA DIVIDIR COM VOCÊS! VEM COMIDA DI BUTECO 2018!

18740170_1547061048652032_3930188709813928399_n

 

 

É de pernil, é detox, e é petisco de buteco!

Sim, seu Natal tá salvo com essa nova maneira de comer um pernil, sem fugir às tradições e sem perder o espirito butequeiro – sim, sabemos que o perfil do modo tradicional tem que ter, mas essa ideia é incrível e dá pra ser feita também!

Bom, mas é detox por quê?

Só porque tem AVEIA mesmo :P Para quem não lembra, o tema dessa edição do Comida di Buteco era Cereais, então, obrigatoriamente, todo buteco deveria acrescentar um cereal de sua preferência ao petisco. O que o pessoal do buteco Papo Inicial decidiu, foi criar tirar de pernil e empana-las na aveia. Se ficou sensacional? Rapaz, só experimentando para entender! E pra fechar, eles também serviram essa maravilha com um molho gorgonzola!

O Papo Inicial é um buteco lá do RJ, então, quem quiser experimentar diretamente da mãos dos criadores, é só dar um pulinho lá.

Quem quer inovar nesse Natal, porque todo butequeiro é desses, EIS A RECEITA!

18252368_1301944113194872_8098366342203179008_n

Ingredientes (quantidade e tipo):
Pernil Suíno—————- 1k
Sal —————————a gosto
Azeite————————a gosto
Alho————————–a gosto
Pimenta do reino————a gosto
Limão————————3 unidades
Farinha de trigo————-200g
Agua com gás—————300ml
Cachaça salinas mix——–100ml
Aveia——- o necessário para empanar
Molho Shoyo a gosto
Molho
Gorgonzola————–400g
Creme de leite———–200ml
Cebola——————–15unidades
Açúcar ——————-1k
Agua———————- 200ml
Modo de Preparo (atividade e tempo):
Marinar o pernil cortado em tiras no limão, alho, molho shoyo, sal e pimenta do reino e reservar por 1:30h.
Misturar agua com gás, farinha de trigo e cachaça Salinas Mix sal a gosto, passar as tiras de pernil nessa mistura e depois empanar com aveia e fritar.
Molho
Cozinhar a cebola com agua e açúcar até dar o ponto de caramelo, em outra panela Cozinhar o creme de leite com gorgonzola, acrescentar a calda de cebola caramelizada mexendo até dar o ponto.

Tempo de preparo: _______2.30h
Receita rende quantas porções? ____4

 

Boa sorte no preparo e é com essa delícia que desejamos UM FELIZ NATAL A TODOS! Saúde, prosperidade e que a confraternização seja cheia de amor!

Receita de petisco com paleta bovina e bacon para fazer no fds!

Quando o assunto é sair para se deliciar com algo maravilhoso, quem é fã de bacon não consegue pensar em nada que não o tenha. Como sempre mostramos as receitas do ano aqui no blog, decidimos trazer hoje uma receita com bacon, já que vocês pedem tanto!

Então, pensamos em uma que tenha conquistado o pessoal de forma praticamente unânime. Essa é do Rio de Janeiro e conquistou o 5º lugar entre os melhores butecos, na etapa regional do Comida di Buteco 2017.

Folia do Boi é o nome dele e o petisco em questão é o Sabor Inevitável – não precisamos nem dizer o motivo do nome – uma paleta bovina marinada na cerveja, vinho e ervas por 24 horas, com ELE: bacon, champignon e cenoura. Como se não fosse o bastante, para completar o petisco tem cebola palha frita e farofa de ovos!

gourmetadois

Foto @gourmetadois

Então, bora testar esse petisco pra fazer em casa?

Em parceria com a UNISUAM, gravamos o passo a passo da receita com o pessoal lá do Folia do Boi mesmo, confira!

Testa em casa e depois posta marcando a gente e o pessoal do Folia do Boi, pra ver como ficou! ;)

Criança Esperança participa de Oficina Gastronômica do Comida di Buteco

Acreditamos muito na corrente do bem do Comida di Buteco, em apoiar a cozinha de raiz no Brasil inteiro! É no buteco que diversas famílias puderam ter suas vidas construídas e até transformadas. :)

Por conta disso, ficamos muito felizes com a oportunidade apoiar o Criança Esperança pelo segundo ano seguido! Desta vez a ideia foi criar uma oficina gastronômica para as crianças carentes terem a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre culinária.

criançaesperanca1

Além de passarem uma tarde deliciosa entre amigos, cozinhando! As crianças aprenderam um pouco sobre as oportunidades de trabalho na culinária, desde a visão da gestão do negócio, até o trabalho na cozinha.

criançaesperanca2

Outra grande oportunidade foi conhecer a história de Maristela do Recanto Vovó Tela que começou o seu buteco na garagem, mas teve tanto sucesso que transformou a casa inteira em bar! Uma história inspiradora que motiva cada vez mais a nossa Corrente do Bem!

Confira como foi a oficina no vídeo da MGTV: https://goo.gl/uiGv5B

53 ano do Bar do Berinjela. Já conhece?

Quando a gente diz que buteco é, de longe, um dos melhores lugares do mundo, não é só pela comida ou bebida – isso também, fato! Mas a história que cada um desses butecos carrega é tão impressionante quanto sentar na mesinha e aproveitar o melhor petisco da casa.

Escutar a história deles enquanto come um petisco e toma uma, é melhor ainda! – faça isso um dia.

Por isso, o Comida di Buteco preza o buteco como extensão da casa dessas pessoas e como instrumento para a transformação de vidas!

E de comida boa, transformação de vida e história pra contar, o Bar do Berinjela, de SP, tá cheio!

Nesse ano, o bar do Berinjela comemorou seus 53 anos, no mesmo espaço, numa verdadeira herança de geração em geração. É muito orgulho tê-lo entre os participantes do Comida di Buteco em SP – e, inclusive, eles já foram campeões do concurso, gerando ainda mais visibilidade para que continuem firmes e fortes, servindo essa nação butequeira.

Tudo começou em 64, com Dona Arminda e Seu Manuel “Berinjela”

1

A continuação: Dona Arminda e Zé Berinjela

2

Nos dias de hoje, o reconhecimento: seus petiscos são indicados, incluindo os criados para o Comida di Buteco!

3

Vale a pena dar uma passada pra conhecer um buteco que não tem tantos anos de história à toa: a qualidade e o compromisso com cada butequeiro é o que dita a regra! E se quer a dica do que pedir, o #DESCUBRA é a sugestão! São as cestinhas feitas para o Comida di Buteco 2017, cujo recheio nós vamos deixar pra você descobrir mesmo, mas garantimos que é sensacional!

4

Vamos de alcatra nesse sábado com uma receita de Porto Alegre!

Se sexta-feira é dia de maldade, sábado é dia de descongelar a carne para o churrasco e quando o assunto é isso, a alcatra aparece na mesa de muita gente. Ela é uma das peças mais versáteis e dá pra preparar muita coisa boa!

Então, pra fugir da mesma receita de sempre, sem precisar abrir mão da alcatra, trouxemos aqui essa receitinha especial, criada pelo buteco Posta Del Diablo, lá de Porto Alegre, para participar do Comida di Buteco 2017.

18298656_471248156546967_510925542845841408_n

O petisco recebeu o nome de Iscas Posta Del Diablo e é feito de alcatra ao molho de cerveja preta,  com polenta frita e um molho chimichurri!

Não é só a cara que é boa não! Bora aproveitar o sabadão pra preparar essa delícia em casa e ter um petisco novo pra servir para o pessoal!

Eis o segredo:

Ingredientes
300 g de alcatra
100 ml de cerveja preta
Cebola roxa
Molho inglês
Molho chimichurri
Sal
Amido de milho
Alho poró

Modo de preparo
Corte a alcatra em pequenos pedaços. Tempere com sal grosso e reserve por 20 minutos. Em uma panela ou frigideira, fritar as iscas, acrescentando cebola e alho poró. Enquanto frita, diluir o amido de milho na cerveja preta e molho inglês. Quando as iscas estiverem ao ponto, acrescentar o molho, cebola roxa e misture com as iscas até chegar ao desejado. Acompanha polenta frita e molho chimichurri.

OK_PostaDelDiablo_IscasPostaDelDiablo_PortoAlegre_2017_MarianaFontoura_2233

 

 

Aprenda a fazer esse petisco com torresmo e moela!

Entre o torresmo e a moela… há mais coisas do que possa imaginar a nossa vã filosofia. É parafraseando William Shakespeare que a gente traz essa filosofia de buteco pro dia de hoje.

Sim, nesse petisco do tradicional Bar do Momo, no RJ, tem moela, farofa de torresmo, purê de batata doce e quinoa frita. Quem provou, garante que não chegou ao primeiro lugar por um triz! Quem concorda?!

Foto @gabrieldamuda

19424776_1824410254542938_137742444451069952_n

Sabemos que a “cereja do bolo” nesse petisco é a moela e o torresmo, senão não dariam o nome ao petisco, mas o grande desafio foi acrescentar cereais, e eles inovaram com essa quinoa frita!

Então, a gente concorda que todo mundo merece ter essa receitinha para, ao menos, tentar fazer em casa. Com vocês, a receita do petisco concorrente no Comida di Buteco 2017 do Bar do Momo!

E só pra te dar um a ajuda, a lista dos ingredientes e modo de preparo também estão aqui! Vai na fé, que se não ficar igualzinho, vai ficar bom também! :P

Ingredientes (quantidade e tipo):

2 quilos de Moela
400 gramas deBacon
10 unidades de cebola
2 colheres de açúcar mascavo
Um fio de azeite
1 garrafa de vinho tinto seco
Alho poró
Cenoura
Aipo
600 ml de no tonkatsu
250 ml molho de ostra
200 gramas de de pimenta dedo de moça
5 pimentões vermelhos
3 quilos de batata doce
1cliteo creme de leite
2 tabletes de manteiga
Sal a gosto
Wasabi a gosto
30 gramas de quinoa
Óleo de soja
Torresmo de barriga
Modo de Preparo (atividade e tempo):
Em uma panela coloque as 10 unidades de cebola cortadas e caramelize com azeite, acrescente os 5 pimentões e deixe caramelizada também, acrescente as duas colheres de açúcar mascavo. Acrescente a garrafa de vinho tinto e deixe reduzir. Em outra panela faça um caldo de legumes com aipo, cenoura e alho poró. Depois do caldo pronto, acrescente o mesmo a panela onde estava a cebola e o pimentão caramelizado, coloque o caldo até a metade da panela. Deixe o caldo reduzir até ficar encorpado, acrescente o molho tonkatsu e o molho de ostra, finalize com 200 gramas de pimenta dedo de moça. Acrescente a moeda e o bacon, transfira para uma panela de pressão e deixe cozinhar, quando a panela pegar pressão, abaixe o fogo e deixe cozinhar por mais 20 minutos.
Cozinhar a batata doce, acrescentar sal a gosto, wasabi a gosto, 1 litro de creme De Leite e a manteiga. Passar no processador.
Em uma frigideira com um fio de óleo fritar a quinoa.
Receita rende quantas porções? Rende 20 porções.
Tempo de preparo – 50 min
Tempo de espera – 20 min

Tá na mesa o “Bebo porque é líquido, se fosse sólido eu comeria”

Lá vem mais um para o time de inusitados do Comida di Buteco 2017, que além de inusitado é delicioso, feito com cerveja Caracu e ainda conseguiu materializar um frase que todo butequeiro já falou ao menos uma vez na vida: “bebo porque é líquido, se fosse sólido eu comia”.

E atenção, minha gente: é sólido!

O pessoal do bar 222, lá de Belo Horizonte, trouxe para o Comida di Buteco 2017 um petisco que vai para a mesa do cliente preparado dentro da garrafa de cerveja que, num ritual incrível, é servido na tigela para o pessoal se deliciar!

Quer entender melhor como? Assim ó:

Depois de servido, é assim que ele se apresenta à mesa:

18381961_1306454496117634_3108689438989877248_n

E pra você que curtiu a carinha dessa delícia e é fã de moela, trouxemos a receita pra você fazer em casa! Aí é só seguir o passo a passo conforme manda o figurino e, se quiser incrementar com a garrafa, é só improvisá-la também!

Ingredientes (quantidade e tipo):

1 kg moela limpa e picada

1 lata de cerveja Caracu

1 pacote de sopa de creme de cebola

1 pimentão pequeno verde picado

50 g de mini cebolas

1 cabeça de alho

2 xícaras de caldo de galinha caseiro

1 folha de louro

100 ml de água

30 g de mussarela fatiada

30g de queijo prato fatiado

3 ciabattas pequenas fatiadas

Modo de Preparo (atividade e tempo):

Deixar a moela de molho em um litro de água fervente com 2 colheres de sopa de vinagre por 40 inutos. Escorrer bem. Refogar o alho, pimentão e cebola, pré fritar a moela no azeite. Acionar o caldo de galinha e o creme de cebola. Finalizar com a Caracu e a água, cozinhar na pressão por 20 minutos. Cortar as ciabattas em rodelas e servir com os rolinhos de queijo prato e mussarela.


Tempo de preparo: 1h30
Receita rende quantas porções? 3 porções

Prepara e não esquece de mostrar nas redes sociais!