Aprenda a fazer o Bacalhau da Dona Arminda, petisco do Melhor Buteco do Brasil!

Se você até agora não fazia ideia do que preparar nesse final de semana, seja pra receber alguém em casa, seja pra tomar enquanto conversa, ou pra simplesmente degustar enquanto toma aquela cervejinha de lei, já pode parar, porque a gente chegou não só com a receita de um petisco, mas com a receita do petisco que é OFICIALMENTE o melhor do Brasil: ele, o Bacalhau da Dona Arminda, do Bar do Jão, de SP!

 
Portanto, separe os ingredientes, o preparo é rápido, mas exige concentração, mas é pra comer já com vontade de repetir. Portanto, se vale a dica, já faz a mais! :P

19120301_1082378568559753_4256776747451678720_n

Esse petisco leva lombo de bacalhau defiado, quinoa, linhaça, tomate, azeitona preta, e a gente experimenta junto com uns pãezinhos com azeite de ervas (quem também tem o passo a passo) e tempero!

Então, vamos lá. Separe:

  • 500 g de lombo de bacalhau
  •  3 cebolas roxas
  •  3 tomates
  •  1 maço de salsinha
  •  1 maço de cebolinha
  •  6 azeitonas pretas portuguesas sem caroço
  •  100 g de quinoa
  •  Azeite de ervas (confira abaixo)
  •  50 g de linhaça
  •  Pão em baguete


Modo de Preparo
Dessalgue o bacalhau e depois ferva-o por, aproximadamente, 30 minutos. Corte as cebolas e os tomates em cubos. Pique a salsinha, a cebolinha e as azeitonas pretas e reserve. Ferva a quinoa até ela começar a abrir e depois coloque-a em uma vasilha com água gelada e cubos de gelo, para gerar um choque térmico. Junte todos os ingredientes já citados, regue com azeite, polvilhe a linhaça e fatie os pães como acompanhamento.


Azeite de ervas
Misture 20 ml de azeite extra virgem com os seguintes ingredientes (a gosto): pimenta preta, pimenta calabresa, alho em pó, alho fresco, flor-de-sal, alecrim, manjericão, orégano, salsinha, cebolinha e pó com aroma de fumaça.

 

Feito isso, bom apetite!!!

 

 

Esse é o Bar do Jão: o Melhor Buteco do Brasil!

No ano passado, saudamos o bom e velho – e agora super reconhecido – Bar do David, do RJ, o primeiro a receber o titulo de Campeão Nacional pelo Comida di Buteco! Nesse ano, o David passou a faixa e é aqui que começa a história do Alexandre, do Seu João e do Bar do Jão, o MELHOR BUTECO DO BRASIL, eleito em 2017!

cdb17-campeao-nac
Fotografia: Marcelo Katsuki

Poderíamos dizer que o título de Melhor Buteco do Brasil remete a basicamente uma boa avaliação de todos os critérios que consideramos importantíssimos para que um buteco seja considerado BOM mesmo: um bom atendimento, aquele petisco com receita incomparável, a bebida sempre no ponto certo e a higiene, é claro, que não pode faltar!

Mas, quantos butecos você conhece que se encaixam nesses quesitos? São muitos, porque se tem uma coisa que a gente pode afirmar, é que os butecos são o Brasil que deu certo! ♥ Mas, o Melhor Buteco do Brasil se desafia e vai um pouco além disso tudo…

Quem é de São Paulo, ou pretende dar uma passada pela capital, não pode deixar de passar bem ali na Penha, Zona Leste de São Paulo, para prestigiar e entender de verdade porque o Bar do Jão levou o título nacional.

19955681_1923441401272170_6453825108321501184_n

Bar do Jão é tradição!

É isso mesmo, tradição! E tradição é história, é cultura, é ter uma receita especial, é ter o que contar, ter uma motivação por trás de tudo, é tocar o barco! Quem preserva uma história sabe bem o que é isso.

O Bar do Jão, hoje tocado pelo Alexandre Alves, começou com seu pai, o Seu João. Seu João é um português que saiu da Ilha da Madeira, em Portugal, no ano de 1962 e foi acolhido aqui por um casal de feirantes, também portugueses, que o estendeu as mãos até que ele pudesse se firmar de vez em São Paulo. Dona Arminda e Seu Carolino, nomes do agora famoso casal, preparavam um petisco de bacalhau memorável, que foi a inspiração para o petisco vencedor criado pelo Bar do Jão. Aliás, não foi só uma inspiração, mas uma homenagem: o petisco vencedor chama-se Bacalhau da Dona Arminda!

O bar foi fundado por volta de 1994, hoje é administrado pelo filho, mas Seu João continua por ali, firme e forte. E provavelmente veio dele a garra para tocar o negócio de família que o Alexandre herdou! “É muita emoção, de verdade mesmo. Não esperava. A gente não conquista nada sozinho, entendeu. Depende de muito apoio, muita amizade, muita parceria e por isso que a gente está aqui. Agradeço minha família, amigos e toda equipe do Comida do Buteco. Estou muito feliz. Sem palavras”, palavras do Alexandre!

Bar do Jão tem o principal: o espirito butequeiro!

Além de tudo isso, o Bar do Jão tem o verdadeiro espírito butequeiro, aquele que tem como essência a amizade, a humildade, a alegria – porque buteco é alegria – e tudo o que vem desses sentimentos. E isso a gente percebeu, porque além de caprichar em todos os quesitos, o espirito butequeiro do Bar do Jão superou a concorrência e o tornou um buteco amigo de outros butecos, não só aqui, mas no RJ também – ele abriu as portas para outros butecos concorrentes e também foi recebido de braços abertos por vários donos de butecos participantes do Comida di Buteco 2017! Olha ele aí com a galera de vários butecos: Nação Nordestina, de SP; Bar do Berinjela, de SP; e Art Chopp, do RJ!

19120479_231856040645229_4884050394545651712_n

19120930_2001014356785537_6533589741999226880_n

19367054_1341800119251420_756945938190172160_n

18809002_1956838487675335_2448417914643021824_n

E pra fechar, o bom e velho discurso, logo após vencer a etapa regional em SP!

“Foram 30 dias de dedicação, força, empenho, ansiedade e o mais importante… conquistas de novos amigos, clientes e parceiros. Muito obrigado a todos por ter compartilhado todos os momentos que passamos juntos, funcionários, amigos, clientes e, em especial, Maria Eulalia Araújo, Renata, Luciana Eduarte De Sá Ferreira, Ronaldo, Flávia e ao Concurso Comida Di Buteco, e muitos outros que diretamente e indiretamente contribuíram com nosso sucesso… ano que vem, se Deus quiser, estaremos juntos novamente! Resumindo… ninguém faz nada sozinho, sucesso e bons resultados você só consegue através de uma boa equipe, muita força de vontade e o principal, muito empenho!!! Muito obrigado a todos!”

Vai, Bar do Jão! Que você colha os bons frutos do que plantou! Sua história de transformação de vida começa agora!

 

 

Conheçam o Melhor Buteco do Brasil em 2017!

E, mais uma vez, os butecos brasileiros fizeram história!!!

Pra quem é adepto da boa comida, da cultura brasileira, das receitas de família e da simplicidade, a noite de ontem foi histórica mesmo! Pela segunda vez conseguimos reunir 20 butecos campeões de cada canto do Brasil para que juntos descobríssemos qual deles levariam o título mais desejado entre todos: o de MELHOR BUTECO DO BRASIL!

Conseguem imaginar a grandiosidade desse título? Os melhores butecos de cada cidade – só tem fera – disputando entre si! Foi acirrado? Foi! Foi emocionante?! FOI DEMAIS!

No ano passado, realizamos pela primeira vez essa etapa nacional. O vitorioso foi o Bar do David, do Rio de Janeiro, do Morro Chapéu Mangueira, fazendo valer ainda mais o seu slogan: da favela para o mundo! Nesse ano que passou, o Bar do David conquistou tudo e todos de tal forma que ele não foi pro mundo não: o mundo veio pro Bar do David!

E, no Comida di Buteco 2017, mais uma vez ele esteve lá para concorrer. Nesse ano, ele se manteve no pódio, mas passou a faixa de campeão para outro buteco, de outra cidade!

Se você não acompanhou a transmissão ao vivo que fizemos pelo Facebook ontem, o pódio ficou assim:

O 3º lugar ficou para o Tuim, grande campeão da etapa local em Porto Alegre, e que foi representar o pessoal de lá no Rio de Janeiro ontem! Relembrando o prato criado pelo Tuim, o “Navegar É Preciso”, um  Bacalhau às natas com lula defumada, gratinado com torradinhas e parmesão! Parabéns Tuim, muito merecido e a galera de Porto Alegre deve estar um orgulho só!

54bfbf1c-346e-4a2e-a675-76e0998bd05b

Já o 2º colocado, foi o buteco que carregou esse título incrível por 1 ano e fez por merecer: o Bar do David, do  Rio de Janeiro! Ele chegou quase lá e estar nesse pódio novamente, ainda que não seja como o campeão, será uma experiência ainda muito incrível! Nesse ano, o Bar do David criou o “Saudosa Maloca”, que eram deliciosos bolinhos de Milho com Queijo Recheado com Carne Seca ao Molho de Azeitonas, sensacional!!!

0e9794b0-c8b9-4fe3-a533-ef4cb166174e

E o GRANDE CAMPEÃO, o vencedor da etapa nacional em 2017, e o cara que conseguiu desbancar uma fortíssima concorrência, veio lá de SÃO PAULO:  com vocês, BAR DO JÃO, o MELHOR BUTECO DO BRASIL!

Parabéns, Bar do Jão!!! Ele criou um petisco que foi unanimidade pra quem provou, o “Bacalhau da Dona Arminda”, um petisco de lombo de bacalhau desfiado com quinoa, linhaça, cebola roxa, tomate e azeitona preta, servido em rodelas de pães regado com azeite de ervas e temperos especiais! Mas, não é só por isso que o Bar do Jão levou o título não: ele também é daqueles butecos que a gente entra e se sente em casa, o atendimento é incrível, a energia é sensacional, a comida a gente nem precisa falar, e a bebida vem sempre na temperatura certinha! Um verdadeiro buteco, que se destacou entre tantos butecos incríveis, é porque merece mesmo!

49c3c38e-9fcf-4c51-a1d5-631cc5b8e73b

19955681_1923441401272170_6453825108321501184_n

O petisco campeão dos campeões, Bacalhau da Dona Arminda!

19120301_1082378568559753_4256776747451678720_n

E nosso pódio, cheio de buteco dos bão, ficou assim!

786babbd-edc4-4330-927d-c33bf7287edb

Gostaríamos de parabenizar a todos os butecos que participaram da etapa local em suas cidades, também aos 20 butecos que se consagraram campeões em suas cidades e estiveram no RJ ontem, disputando o título nacional! Também queremos agradecer por acreditarem no Comida di Buteco e fazerem desse concurso o mais incrível e delicioso do Brasil!

Obrigado ao público que visitou cada buteco, votou e torceu com eles até aqui!

O Comida di Buteco 2017 foi SENSACIONAL!

Alô, Bar do Jão: colha todos os frutos que virão com a conquista de vocês! Isso é só o começo! PARABÉNS!

Bora aprender o petisco campeão de BH: Ossobuco do Retrô!

Escolhemos 5 dos 20 butecos vencedores pelo Brasil, para colocar em votação em nossas redes sociais qual dos petiscos vocês adorariam fazer em casa – sim, porque a gente AMA compartilhar com vocês essas delícias que os butecos criam todos os anos!

E, para a nossa surpresa, em cada rede social deu um resultado diferente! Mas, o que vale é o que recebeu o maior números de votos de maneira geral, não é mesmo?

Então, o que saiu disparado na frente dos outros petiscos foi o petisco do campeão de BH, o Santuário Retrô Botequim, que criou o  Ossobuco do Retrô!

Vocês decidiram, então bora aprender para arrasar nesse final de semana comendo essa mega delícia, um ossobuco italiano ao molho retrô mineira, acompanhado de torradas e guisado de quinoa peruana! Sim, a delícia da foto abaixo!

OK_Santuário Retrô_Ossobuco du Retrô_BH_2017

Anotem os ingredientes:

Ossobuco
2 kg de ossobuco
200 g de bacon
2 copos de cachaça
3 dentes de alho
½ ramo de salsinha
1 ramo de cebolinha
½ pimentão verde
½ pimentão vermelho
½ pimentão amarelo
3 folhas de louro

Guisado de quinoa
½ copo de quinoa
1 colher de azeite
2 tomates picados
1 copo de vinho
3 folhas de louro
Tomilho, sal e pimenta do reino a gosto
½ tablete de caldo de legumes
1 cenoura picada
1 cebola picada
1 colher de açúcar mascavo
1 alho poró picado

Modo de Preparo 
Ossobuco
Tempere o ossobuco com o alho, a cachaça, o louro e sal. Deixe marinar por 40 minutos. Pique a cebola, o pimentão, a salsinha e a cebolinha. Refogue em azeite e reserve. Triture o bacon e sele em uma panela de pressão juntamente com o ossobuco. Acrescente os ingredientes reservados, água até cobrir a carne e cozinhe por 15 minutos.
Guisado de quinoa
Doure a cebola no azeite, acrescente o alho e o tomate e refogue por 2 minutos. Acrescente o vinho, o louro, o tomilho e o sal. Baixe o fogo e deixe cozinhar. Quando ferver acrescente a cenoura, o alho poró, o caldo de legumes e o açúcar mascavo.
Lave a quinoa e escorra. Cozinhe até ferver a água. Acrescente o caldo de legumes e verifique o tempero. Sirva com o ossobuco e torradas.

Tempo de preparo: 40 minutos
Essa receita rende 5 porções!

Começa a 2ª etapa do Comida di Buteco 2017!

Agora que vocês já sabem quais são os butecos campeões de cada cidade, também precisam saber disso: desde o dia 9, um novo corpo de jurados está rodando pelo butecos campeões, para definir o título mór desse concurso, o campeão dos campeões, o MELHOR BUTECO DO BRASIL!

Para quem ainda não sabe, são 20 cidades participantes do Comida di Buteco! A primeira rodada do concurso contava com dois tipos de jurados: o público e uma comissão, que visitava os butecos, sem que eles soubessem que eram jurados, e davam as notas para os quesitos a serem avaliados!

Dessa forma, cada cidade teve o seu vencedor! Cada vencedor também passou para a segunda fase do Comida di Buteco e, a partir daí, além de receber o título de melhor buteco em sua cidade, também pode ganhar o reconhecimento nacional e se tornar o melhor do Brasil!

MAS COMO FUNCIONA? 

As visitas aos butecos ocorrerão até o dia 25! Cada buteco receberá 3 jurados diferentes, sendo 1 da própria cidade e 2 de cidades diferentes. Depois disso, preparamos tudo para a SAIDEIRA FINAL, que ocorrerá no dia 11 de Julho, onde reuniremos todos os butecos  vencedores, em um único lugar, e finalmente descobriremos quem leva o título que, relembrando, pertence hoje ao Bar do David, do RJ, conquistado em 2016!

3-Melhor-do-Brasil-Foto-Marcos-Pinto-317

 

E, finalmente, o campeão em Belém!

E, finalmente, o campeão de Belém! Essa é a última vaga no time dos campeões a ser preenchida! Time esse que disputa, a partir de hoje, a segunda etapa do Comida di Buteco 2017!

A premiação aconteceu na noite de ontem e contou com o reencontro dos 22 butecos concorrentes – butecos esses que brilharam e todos dignos de pódio!

Mas, como a regra é clara, só  sobem ao pódio os três melhores, que conquistaram o paladar do público, mas não só: que também conquistou o pessoal pelo atendimento, temperatura da  cerveja e higiene iimpecável!

O 3º colocado foi o Boteco Arsenal, que criou o petisco Kibe de Caranguejo, que, como o nome diz, é totalmente inusitado, mas traz um sabor incrível! É a farinha de kibe marroquina mega  crocante, com massa de caranguejo, além do mix de dips que acompanham essa delícia!

Foto @angelmell

17934025_1866470616953717_4894532210691932160_n

O 2º colocado foi o Bar Dois Irmãos, criador do Bolinho Marajoara, um bolinho de massa de trigo recheado com camarão rosa e queijo do Marajó,  sensacional!

Foto @yuritorres

18251867_1675784712718121_4366751150297317376_n

Mas quem superou todos os butecos nessa edição e subiu mais alto no pódio, foi o campeão Boteco da Nina! Eles concorreram com um petisco batizado Costelinha Raio de Sol, uma costelinha de porco marinada de farofa de cuscuz molhada com leite de  castanha do Pará! Genial mesmo!

Foto @illaquadros

17931901_412113495834645_4983640223599558656_n

Parabéns ao Boteco da Nina e a todos os concorrentes! Agora, Belém fecha a rodada de premiações e, com o time completo, dá inicio à competição em nível nacional, uma verdadeira disputa entre campeões de cada cidade participante do Brasil!

Conheça o campeão do Comida di Buteco 2017 em Curitiba!

Estamos quase próximos de fechar o time de campeões do Comida di Buteco! Ontem a noite, em Curitiba, rolou a festa de premiação, onde reunimos os 18 butecos, seus donos, equipes e amigos, pra prestigiar o encerramento local do Comida di Buteco, premiar os vencedores e dar as boas vindas à etapa nacional do Concurso!

Para quem não lembra, no ano passado, o vencedor do Comida di Buteco em Curitiba foi o Dom Rodrigo, que garantiu o 1º lugar em Curitiba e o 3º lugar entre os Melhores Butecos do Brasil!

Mas, nesse ano o pódio mudou e vocês descobrirão agora quem representará Curitiba na disputa nacional:

O 3º lugar ficou para o Schnaps Bar, que trouxe para a disputa o petisco Brega e Chique, um bolinho de arroz com queijo parmesão e calabresa (o brega) e espeto mignon à milanesa com queijo provolone (o chique), acompanhados de molho azedo e molho especial da Zize!

Foto @ mesadividida

18013865_1008840692583366_7950757756577775616_n

Já o 2º colocado foi o Gordo & Magro GastroBar, que também caprichou no petisco e mandou pra galera o Calouroveterano, essa maravilha da foto abaixo: um bolinho de carne recheado com costela e polenta branca artesanal, na companhia de uma maionese feita na casa!

Foto @docelardamarciaejorge

18011580_1877074792540340_6458194919717601280_n

E o GRANDE CAMPEÃO, que superou todos os outros butecos e apresentou o petisco, atendimento, cerveja gelada e higiene que conquistou o coração do pessoal foi ele: o Baba Salim! O petisco vencedor foi o Fate Salim,  essa carne fatiada temperada, com grão de bico, amêndoas fritas, pão árabe e molho tahine! Parabéns, Baba Salim!

Foto @mesadividida

18094668_1018921831571704_7074279464040923136_n

É isso, Curitiba! Parabéns pelo concurso, por visitarem  cada buteco participante, e parabéns aos butecos, porque fizeram bonito! Agora o Baba Salim, além de ser o mais novo melhor buteco de Curitiba, concorre ao título de Melhor Buteco do Brasil também!

Saiu também o Campeão de Porto Alegre!

Dando continuidade à saga dos campeões do Comida di Buteco 2017, ontem também foi noite de reencontros, premiação e muita comemoração com os butecos de Porto Alegre!

Nessa edição tivemos 17 butecos participantes por lá! Todos com a chance de leva a melhor, o que também significa que a disputa foi mega acirrada para os participantes, mas, o pódio com apenas 3 deles saiu, entre eles o grande campeão – que, na real, foi BICAMPEÃO! Confiram:

O 3º colocado foi o Mariu’s, que trouxe para a disputa as Bruschettas Portuguesas, um petisco delicioso de carna de panela desfiada com cebola caramelada, e que acompanhava fatias de pães levemente torrados! Genial!

Foto @destemperados

17882956_234425520295224_1249722667230035968_n

Já o 2º colocado foi o Bar Chopp Petiscos, criador do petisco Bolinho Longa Vida! Quem provou, aprovou o bolinho de bacalhau com batata doce, azeite de oliva e empanado com farinha de linhaça e chia! Inexplicável esse sabor!

Foto @sarabodowsky

olinhobar chopp

Mas, o grande CAMPEÃO, que já havia passado pelo nosso pódio e agora leva pela segunda vez o título é um buteco pra lá de tradicional em POA: o Tuim! Para essa edição, eles decidiram  trazer um petisco batizado Navegar é Preciso, que nada mais era que bacalhai às natas com lula defumada, gratinado com torradinhas e parmesão! Sensacional, galera!

Do @roubadinhas

Parabéns Bar Chopp Tuim e parabéns aos demais butecos, que concurso! Que receitas!

Agora, como todos bem sabem , o Tuim vai pra segunda etapa e disputará com os demais campeões de outras cidades o título de Melhor Buteco do Brasil!

 

Tem campeão do Comida di Buteco em Brasília!

Entramos na nossa ultima semana de premiações. E como passou rápido, não? Ainda bem que o concurso não para por aqui e a as surpresas continuam!

Ontem foi dia de premiação em duas cidades: Brasília e Porto Alegre! Ou seja, teve muita gente comemorando, em especial os butecos que foram ao pódio e, principalmente, os campeões de cada cidade!

Começando por Brasília, o pódio saiu e a gente revela agora:

O 3º colocado é um buteco que tem feito muita história no Comida di Buteco: Lampião!!! Eles trouxeram para a disputa uma delícia batizada Casulo do Lampião, que era um croquete delicioso de cogumelos e peito de peru defumado! Sensacional!!!

Foto @lampiaogastrobar

17934400_1703577156601258_2025240198626934784_n

Já o vice de Brasília, que quase chego lá e ocupou o 2º lugar, também é um grande conhecido nosso: o Confraria Chico Mineiro, criador de um petisco mega exótico, que recebeu o nome de Combinado Izakaya Chico-San! Sim, nesse ano o Confraria Chico Mineiro decidiu mostrar pro mundo que culinária japonesa também tem seu espaço no buteco e pode harmoniza com várias bebidas, até mesmo com aquela cervejinha gelada! O petisco era um combinado de Yakibifum de frango e legumes, karaage (coxinha de asa frita), tempurá de legumes e tonkatsu aperitivo com molho agridoce! Mandaram bem demais!

Foto @guiadocasalmoderno

17934405_440172312988574_4944271582701813760_n

Mas, quem levou a melhor nessa edição e saiu como o VENCEDOR foi o Mercado 301!!! Eles criaram o Don 301, um petisco de pão ciabatta  crocante empanado em crosta de farinha de quinoa, quinoa em flocos vermelha e gergelim branco recheado com filé mignon em cubos, champignon ao molho de creme de leite fresco reduzid, molho shoyo, pimenta verde e uma mistura de ervas! Quem provou saberá explicar a delícia que é esse prato!

Foto @rickamorimdf

18011494_797835633707486_5225131588815159296_n

Parabéns, Mercado 301! Parabéns a todos os butecos participantes e ao público que mandou muito bem e ajudou a decidir esse pódio tão competido! Agora, o Mercado 301 passa para a segunda fase e representa Brasília no Concurso Nacional!

 

 

Saiu o vencedor do Comida di Buteco 2017 em Salvador!!!

Eita, Salvador, o Comida di Buteco aí foi sensacional! Foram 34 butecos disputando o título, oferecendo o melhor que puderam e, quem ganhou com isso, mais que tudo, foi o público!

A edição 2017 trouxe 34 petiscos incríveis na cidade e garantimos que, pra quem visitou e votou, deve ter sido muito difícil escolher um pra ser o vencedor. Mas, difícil ou não, o vencedor VEIO e já adiantamos, antes de você chegar no final da página: quem levou foi um buteco que participou pela primeira vez! O pódio em Salvador é ocupado por 5 butecos! Portanto, vamos aos resultados:

O 5º colocado foi o buteco Crisana, que trouxe para a disputa o petisco Vim do Sertão, Mas Sou Fitness, que além de criativo no nome, trouxe algo bacana: era um bolinho recheado de carne seca e sem glúten!

OK_Crisana_Vim do sertão, mas sou fitness_SSA_2017_Romulo Portela (1)

Já o 4º lugar foi ocupado pelo Cabana do Camarão, que também inovou e criou o Mix de Coxinha Sabor Moqueca que, como o próprio nome diz, são coxinhas sabor moquecam, que compõem um mix com recheios de camarão, bacalhau e siri, servidas com um molhinho de pimenta!

OK_Cabana do Camarão_Mix de Coxinha Sabor Moqueca_SSA_2017_Romulo Portela (1)

O 3º colocado foi o já conhecido no pódio Boteco da Mídia, que criou o Combinadinho da Midia, carne de sol desfiada acebolada com bacon, banana da terra empanada, tudo servido com uma maravilhosa canjiquinha temperada!

OK_Boteco da Midia_Combinadinho da Mídia_SSA_2017_Romulo Portela (1)

O vice-campeão dessa edição foi o também conhecido Caranguejo do Pascoal, que mandou muito bem recriando, em forma de comida, Uma Tarde em Itapuã! O petisco é um empadão 4 cereais, recheado com camarão cremoso, queijo coalho e banana da terra, servido com cremes especiais!

OK_Caranguejo do Pascoal_Uma tarde em Itapuã!_SSA_2017_Romulo Portela (1)

Mas, o grande CAMPEÃO, que chegou no Comida di Buteco agora e já mostrou a que veio, foi o buteco Xique Xique! Para começar com o pé direito, eles mandaram ver criando um petisco chamado Surubim Sertão, um filé surubim empanado com quinoa, servido com purê de ervilha e acompanhado de molho! Mandou MUITO bem, Xique Xique!

OK_Xique-Xique_Surubim Sertão_SSA_2017_Romulo Portela (2)

Agora o Xique Xique que, além da emoção de se tornar campeão, carrega outra responsa: a de representar Salvador na disputa nacional e, se ganhar, levar o título de Melhor Buteco do Brasil!